Sou Puta - Valeria Messalina

Seu nome é sinônimo para prostituta, tamanha foi sua influência e sua capacidade de romper com os princípios e com a moral da sociedade. Uma mulher poderosa, foi a terceira esposa do imperador romano Cláudio, tendo vivido no primeiro século de nossa era. Entrou para a História devido a sua mistura de astúcia, crueldade e apetite sexual.

Nascida em uma família nobre, muito próxima a linha de descendência real, Valeria Messalina quase adolescente se casa com Cláudio e passando ser a mulher mais importante do império. Celebrada nos eventos sociais e políticos, Messalina possuía uma grande influência sobre o imperador, com quem teve dois filhos. Buscando proteger o direito à sucessão, mandou executar ou desterrar muitos de seus inimigos.

Mas além de sua influência política, Messalina foi marcada por sua reputação de prostituta, devassa sexual, ninfomaníaca…Historiadores romanos como Tácito, Suetônio e Plínio coincidem em que ela utilizava o sexo como instrumento de manipulação, possuindo um bordel onde organizava orgias para as mulheres de alta classe. Em um episódio conhecido, competiu com outra prostituta para ver qual das duas poderia satisfazer mais homens durante uma noite inteira. Venceu ela, deitando-se com vinte e cinco amantes.

Segundo o poeta satírico Juvenal, a noite, com o primeiro ronco do imperador, vestia sua capa longa e uma peruca loura e ia a prostíbulos oferecer seu corpo aos homens comuns. A Mulher Loba, como era conhecida, exigia dinheiro antecipadamente para que eles pudessem possuir o mesmo ventre que havia parido o sucessor imperial. A última prostituta a sair, e ainda insatisfeita, levava de volta ao palácio o cheiro dos homens e dos prazeres pagos.

O final trágico desta mulher fatal se inicia quando casa com um amante e junto com ele planeja assassinar Cláudio. A trama é descoberta, ela é decapitada. Quando informado, durante um jantar, o imperador limita-se a pedir mais vinho. Mas para sempre a imagem da prostituta enganadora e má está marcada para sempre.

Colaborado por: Mestre dos Desejos (Obrigada pelo artigo Senhor)

Nenhum comentário :

Postar um comentário