Num piscar de olhos.

  Tive que tirar meu coração do peito para não infartar de tanto receio em perder alguém que amo mais que minha própria vida. Não sei se perdi meu chão ou se é minha pressão que está caindo, não consigo respirar.
  Sinto que todos os eu te amo que te disse, foram poucos. Sinto que todos os últimos abraços são únicos e que em cada um consigo te sentir como nunca senti antes, o tempo para em uma eternidade e que passa em apenas um segundo e que todo o tempo do mundo é sempre pouco. Sinto seu cheiro em sua roupa de manhã e a aperto em meu travesseiro.
  Descobri aos poucos seu real valor, pisco o mais rápido possível, pois descobri que sinto sua falta só em piscar os olhos e me vem o alívio quando os abro e você está bem aqui na minha frente.

Nenhum comentário :

Postar um comentário