On - Off

"Você teria um filho vivendo o BDSM?"

   Como separar vida profissional, familiar e para aumentar a lista tem de separar dos filhos? Isso é uma questão de habilidade ou de que a relação BDSM não é tão 24/07 assim, deixando de virar um estilo de vida para se tornar um fetiche, aqueles em que você pratica momentaneamente.
   Muitas escravas que vejo que se "intitulam" adoradoras do Dono de si e devoção "total" só que em público não contam que são Deles se não "a Ele é meu namorado" ou "Ele é um amigo meu" pior ainda é quando "a estamos num relacionamento meio que enrolado", nossa essas coisas são complexas para mim, é nesse momento que falo:

Grande merda seus limites ultrapassarem o céu de Plutão e o meu não passar de um milímetro do chão em que piso, fake é fake aqui e na china, seja lá onde for escrava que quer buscar limites? Isso para mim é ser fetichista, escrava que é escrava adora o Dono de si e não buscam nada se não satisfazê-lo.

Só para começar vamos regressar láááááá onde existiam as escravas negras só como exemplo:
Onde que elas tinham algum direito e se tinham quem se importou com elas salvo na abolição?

Nenhum comentário :

Postar um comentário