Sexo não é mais sexo agora chame de BDSM

  Isso mesmo, o sexo mudou de palavra e até significado. Ultimamente como as pessoas não andam ligando para as palavras e seus significados, as palavras estão começando a ter os significados do que convém a eles, pois esses dias conversando com alguns antigos amigos sobre o assunto, abrangemos que hoje 24/7 têm botão liga desliga (on/off), que escravas falem mais alto e na frente de seus Donos, que escrava e sub são as mesmas coisas, é mais procuradas escravas masoquistas e ignoram o prazer de um ao ter uma que realmente o respeite por temor dentre outros. Nisso pergunto a eles do motivo de que eles não ensinem aos outros, a resposta foi direta "ensinamos somente aqueles que querem aprender e não aqueles que têm orgulho e em tudo querem debater" isso até que ficou meio que poético. No entanto não posso negar que o quê eles falaram realmente tenha ficado em minha mente, de que é mais viável viver o BDSM de forma particular, pois hoje em dia além da ignorância do conhecimento e do comportamento rude de alguns atuais praticantes, sim praticantes, pois estes praticam e não são, o BDSM é mais um fetiche do que um estilo de vida. As pessoas hoje ligam e desligam o que é chamado de sessão, elas têm vergonha de atuarem e não possuem nenhum comportamento perante outros, são meros libertinos, não vejo outro nome melhor do que se não este. 
  Hoje em poucos dias escravas já são encoleiradas seguido de sexo sem adestramento de comportamento, se isso é ser Dominador eu não sei o que sou, fora o fato de que elas mudam de Dominador mais do que respiram. Acho isso um absurdo! De fato eu Filthy também acho, mas não consigo mudar as pessoas, então estou começando a viver jundo ao Dono de mim, um BDSM particular/privado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário