Escrava Matraca

   Todo mundo conhece uma escrava matraca, é aquela que toma às rédias mesmo sendo a égua, não sei como, mas é exatamente assim. É aquela que você faz uma pergunta para o Dono ou Dominador e ela responde ou manifesta a opinião o qual não foi requisitada.
  Isso me faz pensar sobre a diferença de bdsm nacional e internacional - (lá veio outra falar nesse assunto) falo sim, pois não deixa de ser uma verdade, se discorda creio que você é mais um dos que não zelam por uma imagem aceitando que tudo pode ser de qualquer jeito ao relaxo, mas tudo tem sim seus limites ainda mais no bdsm onde é um mundo de regras e disciplinas. 
  Me lembro uma vez em um almoço onde aconteceu exatamente isso, uma escrava disse a opinião dela quando não foi requisitada, o Dono da casa e anfitrião do encontro ouviu em silêncio a escrava e quando ela terminou ele disse: Quanta vulgaridade, não me lembro de ter direcionado a pergunta a você. Espero que ambos tenham gostado do almoço, pois é o ultimo servido à vocês nesta casa. Nisso o mesmo se levantou sem mais não dando mais atenção ao casal (que só para constar não era eu, pois eu nem se quer poderia falar alguma coisa, pois havia extraído um dente - então o que você foi fazer em um almoço? R.: tomei sopa sua anta kkkkkkkk ) Mesmo assim aquilo ficou em minha mente e de fato eu não tiro a razão do anfitrião.
  Com base nesse evento e é claro com outros acontecimentos, que criei à anos a escola de escravas, claro que não ensinaremos uma mulher a ser escrava, isso não é obrigação nossa, nós apenas ensinamos a como se portar em devidas situações, o que de fato é surpreendente hoje em dia tais situações e pérolas de escravas. Inacreditável. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário