Porque o BDSM esfriou?

  Isso é um tema meio que complexo, mas não o mais complexo. No mais porque esfria? Compreensível quando se trata de saúde, mas o que faz o trabalho, a família ou filhos nos impedirem de ter um tempo para o bdsm? Falta de lugar para prática, falta de privacidade e tempo em casa ou até mesmo a rotina, podem e até mesmo são os principais motivos de tanta troca de escravas/os e Donos/as onde culpar o parceiro/a pela rotina, monotonia é a atitude mais comum nos casos.
  Mas como evitar? Nisso perguntei para alguns praticantes, e a resposta foi unânime "Controle calma nos exageros sexuais, pois nem tudo é sexo, no bdsm existe outras coisas, e cuidado em querer fazer tudo de uma vez. Regras também são paras os que as aplicam." Isso me fez lembrar de um grupo onde a vivência era cheia de regras e controles, e eles mesmo investiram em um local para suas práticas, local esse somente deles e de convidados onde duas vezes por mês haviam grandes encontros já programados. Os envolvidos estão em um relacionamento bdsm duradouro, e muitos alegaram não praticar apenas nos eventos fechados, mas aproveitam dias "leves" no emprego para uma brincadeirinha discreta, ou como vibradores em reuniões com os amigos em restaurantes. Assim como também algumas viagens pequenas e programadas entre o grupo para sair um pouco da rotina. E o legal desta ideia é que o grupo é bem organizado, se um não puder ir eles não deixam de lembrar deste membro, e todos tem suas responsabilidades e consentimento de suas tarefas e obrigações. É algo muito bem organizado e o que me deixaram bem claro que não é um grupo de swing

2 comentários :

  1. Yes , we have our closed groups , but we also have a room in our own home for it , or even the whole house adapted to practice , but remember, we hide our practices of our neighbors , remember that they have nothing to do with this.
    Usually we make our practices more than in private rather than putting the entire group , they are usually present only in monthly dinners we do each month at the home of one of the members , but I believe the BDSM cool because of the excess of innovative practices in all same session or very close to each other , or BDSM there of you, who will have the rule and only , the slave enters already aware of it . You do not practice the lifestyle , just want to know the sex, so much so that in your photos and videos only see sexual practices and almost nothing is lifestyle, your BDSM ends up being significantly male , unfeeling practice, because you connecting feeling with relationship and not to live it , you end up turning into something that BDSM has no connection with the BDSM here .
    Is it because you are starting?

    Sim, nós temos nossos grupos fechados, mas também temos um cômodo em nossas casa próprios para isso, ou até mesmo a casa toda adaptada para a prática, mas atenção, nós escondemos nossas práticas de nossos vizinhos, lembramos que eles não têm nada haver com isso.
    Geralmente fazemos nossas práticas mais que em particular ao invés de colocar o grupo todo, eles geralmente estão presentes apenas nos jantares mensais que realizamos cada mês na casa de um dos membros, mas acredito que o BDSM esfrie por causa do excesso de práticas inovadoras todas numa mesma sessão ou muito próximas uma das outras, ou o BDSM daí de vocês, que a regra á mandar e só, que a escrava já entra sabendo disso. Vocês não praticam o estilo de vida, só querem saber de sexo, tanto é que em suas fotos e vídeos só se veem práticas sexuais e quase nada se estilo de vida, seus BDSM acaba sendo algo significativamente masculino, sem sentimentos pela prática, porque vocês ligam sentimento com relacionamento e para não viver isso, você acabam transformando o BDSM em algo que não tem nexo com o BDSM daqui.
    Será que é porque vocês estão começando?

    By Google Translate

    ResponderExcluir