Me jurei a te amar para sempre.

Me mandastes expor meu coração a nu, sem pensar e por amor abri meu peito as unhas e teu nome gritei por ti que me rasguei. Jogada duvidei dos brilhos dos astros e da origem do mundo, perdi toda minha razão por ti, a quem amei. Não acreditei no calor que sentia nem no frio que me contraia, e ignorei a insanidade que por anos a única que me fez companhia. Acreditava que um dia estaria lá. Acreditei no que me dissestes o que sou, então sou no qual por meu amor serei.

Sim estou me definhando por ti, por que me jurei a te amar para sempre.

Nenhum comentário :

Postar um comentário